ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Na quinta-feira (10) a Emater reuniu na UFFS – Campus de Laranjeiras do Sul vários dirigentes de cooperativas e associações familiares a fim de capacitação para acessar os mercados institucionais. Na ocasião os técnicos da EMATER trouxeram para os participantes as novidades e instruções para venda dos produtos da agricultura familiar para esses mercados. A capacitação foi viabilizada através de parceria entre a Emater e a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural – ANATER. O Coordenador desse tema da Região Roberto Zardo da Emater relatou que mais de 30 gestores dessas organizações familiares participaram nesta etapa, dos municípios de Virmond, Chopinzinho, Honório Serpa, Guaraniaçu e Dois Vizinhos estiveram presentes para saber como e onde vender em melhores condições os produtos da agricultura familiar. Também foi abordado a regulamentação quanto a lei estadual de alimentação escolar, que já tem um minuta escrita, que diz que até 2030, 100 % dessa alimentação que vai para as escolas do Estado, deverão ser alimentos orgânicos ou agroecológicos. “Nesse sentido estamos trabalhando com os agricultores ações para que se alcance esse objetivo, e assim melhorar a renda dos produtores” Produzir é relativamente fácil, os agricultores tem formação e assistência, porém na hora de vender há uma certa dificuldade em acessar os mercados. Portanto nós da Emater estamos buscando auxiliar nesse trabalho, declarou Roberto Zardo da Emater.
Uma das dirigentes de cooperativas que esteve na capacitação Sra Maria Tereza Remor da Associação de Mulheres Rurais de Chopinzinho, (AMR), instituição de mais de 30 anos de atuação, que nasceu pela necessidade de inclusão da mulher no campo as condições sociais e organizacionais da família, disse que é de grande importância esse preparo recebido para fortalecer ainda mais a associação. “Estamos buscando conhecimento para nossos agricultores, em especial agora para acessar também e merenda escolar. A Emater tem dado muito apoio pra nós agricultores”. Os primeiros passos da associação quando na sua criação, foi organizar a documentação das mulheres rurais, isso a mais de 30 anos atrás, na constituição de 88 atuamos também na luta pelos nossos direitos, como acesso a aposentadoria da mulher, cursos, acesso médico e outros projetos que foram desenvolvidos. Hoje em dia a associação está forte. Recentemente montamos uma cozinha industrial para capacitar mais agricultoras, em nossa sede própria, e o conhecimento ao acesso na merenda escolar pra nós será muito importante, fortalecendo ainda mais nossa associação finalizou Sra Maria Tereza Remor.

Postado por Jefferson Silva - Data: 10/08/2019