ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Uma triste notícia para a comunidade de Laranjeiras do Sul. Faleceu na madrugada deste sábado, 7, João Olivir Camargo, aos 71 anos de idade.
Um dos maiores ícones da nossa cidade também foi um dos primeiros radialistas e um grande pesquisador da história do município.
Autor do livro “Nerje - Raízes da nossa terra”, João Olivir era o primeiro nome lembrado quando alguém falava ou precisava de algum dado sobre a história de Laranjeiras do Sul.
Ele fez grandes contribuições para a área da comunicação e para o resgate da história e cultura do povo laranjeirense.
João Olivir lutava contra um câncer, e há alguns dias estava internado em Cascavel. Deixou a esposa Joana, e o filho Adelar.
Certamente seu nome ficará registrado na história de Laranjeiras do Sul, será sempre lembrado como uma pessoa incansável, pois além de registrar em uma obra, também fazia questão de contar, por onde passava, e em sua coluna no Jornal Correio, sobre os fatos ocorridos desde o início da colonização do município.
João Olivir foi professor e também integrou a equipe da Rádio Campo Aberto por um período.
Em março deste ano completou 18 anos de sua coluna 'O Ponto do "Conto'” no Jornal Correio do Povo.
Seu corpo está sendo velado na Capela Mortuária, e o enterro está marcado para às 17 horas horas no Cemitério Municipal de Laranjeiras do Sul.
A Família Campo Aberto se solidariza com a família de João Olivir neste momento. Pedimos a Deus que os conforte.
Obs: A foto que ilustra esse texto foi tirada há pouco mais de 30 dias no estúdio de gravação da Campo Aberto, durante uma visita que João Olivir fez à emissora.

Fonte: Departamento de Jornalismo
Postado por Jakeline Buratti - Data: 07/09/2019