ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Em patrulhamento neste domingo (29) pela Rua Presidente Deodoro, próximo ao conjunto habitacional Por do Sol em Cantagalo, a Policia Militar visualizou três pessoas caminhando, sendo que uma delas, sendo uma mulher de 44 anos, pediu socorro e as outras duas que estavam com ela se evadiram do local correndo. Perguntado para a mulher quem seriam as pessoas que saíram correndo, ela disse que se tratava de seu amásio identificado como I.J.J.O. 20 anos e a irmã dele J.J.O., 12 anos. A mulher encontrava-se com vários ferimentos nos braços, cabeça, olhos, pés, abdômen e nas costas, sendo que a mesma disse que havia sido agredida por seu amásio, o qual disse que iria matá-la, sendo que ao avistar a viatura o mesmo jogou no chão uma mochila cor preta, contendo um facão cabo preto com 32 (trinta e dois) centímetros de lâmina e uma faca cabo preto com 20 (vinte) centímetros de lâmina. Diante do fato a equipe policial encaminhou a vitima até o posto municipal de saúde, onde a mesma relatou que havia deixado em casa três filhas menores de 3, 8 e 13 anos, e que temia que o amásio voltasse para a casa e matasse as crianças, pois ele havia tentado por fogo na residência momentos antes, então a equipe policial foi até a residência e encaminhou as crianças até o posto municipal de saúde e informou o Conselho Tutelar para acompanhar as crianças. O agressor estava sendo monitorado por tornozeleira eletrônica, ele foi localizado e preso pela PM, sendo conduzido à 2ª SDP de Laranjeiras do Sul juntamente com as armas. A mulher foi encaminhada ao hospital São Lucas de Laranjeiras do Sul pela equipe da secretaria municipal de saúde de Cantagalo.

 


Fonte: PM
Postado por Adilson Nogueira - Data: 30/09/2019