ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O objetivo foi orientar os produtores rurais sobre as novas normativas que permeiam a cadeia do leite, especialmente quanto a qualidade do leite e que através de ações práticas possam alcançar os índices normatizados pelas Instruções Normativas (INs) 76 e 77. As regras abrangem desde a organização da propriedade, suas instalações e equipamentos, até a formação e capacitação dos responsáveis pelas tarefas cotidianas, o controle sistemático de mastites, da brucelose e da tuberculose.
O secretário municipal de Agricultura, Celso de Azevedo, afirmou quanto ao grande desafio em reunir os produtores. Esse encontro teve o intuito de comunicar os produtores sobre as normativas. "São detalhes que fazem uma diferença principalmente no  manejo dos animais, aos cuidados durante a ordenha, a limpeza dos equipamentos”, explicou.
O chefe do Núcleo Regional da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (SEAB) núcleo de Laranjeiras do Sul, Valter Rodacki declarou que esses eventos técnicos são de grande importância para o município. “Essa reunião dos produtores para tirar dúvidas e conhecerem melhor as mudanças que afetam sua produção é de grande importância para todo o município”. Essa parceria da SEAB, ADAPAR, EMATER, e Secretaria de Agricultura está proporcionando grandes ganhos regional, afirmou Valter.
Para Delmar Fracasso, gerente regional da Emater, o evento promovido por diversas mãos é necessário para que possamos esclarecer quanto às normativas no ministério de agricultura. “Além de esclarecimentos, orientação ao produtor de como conseguir atingir a qualidade preconizada por essas portarias”. A intenção é qualificar os produtores para que nenhum deles seja excluído do mercado, alertou Delmar.
A médica veterinária, Daiam Loyola Kampa, Fiscal da Defesa Agropecuária da  ADAPAR relatou em sua palestra aos participantes, quanto a duas doenças alvos do programa de erradicação e controle da ADAPAR, a Brucelose e Tuberculose. Daiam adiantou que todos os animais que transitam pelo Estado do Paraná com interesse econômico, necessitando da Guia de Trânsito Animal, precisam ter o cadastro atualizado até o dia 30 do mês do mês de novembro.
                                                                                       
Parceiros do Evento
Secretaria Municipal de Agricultura;
Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater);
Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar);
Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (SEAB);
Laticínios do Vale, Lactolar, Pic-Nic, Primato, Lactopar e São Leopoldo.


Fonte: Jefferson Silva / RCA
Postado por Jefferson Silva - Data: 31/10/2019