ÚLTIMAS NOTÍCIAS


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) lança à zero hora desta quinta-feira (14) a Operação Proclamação da República 2019 em todo o país. A operação, que segue até domingo (17), terá como prioridade o combate à embriaguez ao volante, a fiscalização de ultrapassagens proibidas e a correta utilização das cadeirinhas e do cinto de segurança, além do uso dos celulares.

Em 2018, no mesmo feriado, quando a operação teve cinco dias de duração – um a mais do que a deste ano – quinze pessoas morreram em acidentes nas rodovias federais do Paraná. Outras 116 pessoas ficaram feridas, além disso, a PRF atendeu 115 acidentes.

Durante o feriado prolongado deste ano, a previsão das concessionárias das rodovias é de que o fluxo de veículos aumente até o dobro em relação à média dos dias normais.

O pico de movimento na saída para o feriado deve se concentrar entre o fim da tarde e início da noite de quinta-feira e na manhã da sexta-feira. O retorno deve ter um fluxo maior de veículos durante a tarde e a noite de domingo.

Restrição de tráfego

De acordo com a Portaria 200 de 2018, que dispõe sobre a restrição do trânsito de Veículos e Combinações de Veículos excedentes em peso e ou dimensões em rodovias federais nos períodos dos feriados do ano de 2019, em trechos rodoviários de pista simples fica proibido o trânsito nos seguintes dias e horários:

14/11/19 (quinta-feira) das 16h às 22h;
15/11/19 (sexta-feira) das 6h às 12h;
17/11/19 (domingo) das 16h às 22h.

Orientações

A PRF pede que os motoristas respeitem os limites de velocidade; mantenham a distância de segurança em relação aos demais veículos; ultrapassagens apenas quando houver plenas condições de segurança e não desviem a atenção do trânsito, além de fazer uma revisão preventiva do veículo, o que inclui a checagem dos pneus, do sistema de iluminação, dos equipamentos obrigatórios, do nível do óleo e do radiador, entre outros itens.


 


Fonte: Correio dos Campos
Postado por Adilson Nogueira - Data: 12/11/2019