ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Começaram a valer desde segunda-feira (6) o limite de 8% para a taxa mensal de juros do cheque especial e também novas regras que permitem a cobrança de tarifa pelos bancos para disponibilizar esse crédito. Essas alterações foram definidas em novembro do ano passado pelo Banco Central.
O gerente regional do Siccob, Gizélio Linhares esclarece algumas dúvidas sobre essa questão. De acordo com Gizélio a nova circular do Banco Central tabela o juro de utilização do limite de cheque especial em 8 % e dá autorização as instituições financeiras em cobrar tarifa adicional de 0,25 %.  Porém, ressalta Gizélio que o Sicoob, devido seu diferencial cooperativo, em defender os interesses de seus cooperados, já vem trabalhando com taxas bem menores, inclusive algumas contas a baixo de 3 % ao mês. “A muito tempo estamos trabalhando com taxas a baixo do padrão do mercado, e continuaremos não cobrando essa taxa, que embora autorizada pelo banco Central, o Soccob isenta seus cooperados desse custo”
Dessa forma o cooperado do Siccob, além de desfrutar de um atendimento humanizado, ainda possui taxa extremamente reduzida, negociada com o gerente no ato de abertura de conta, e não será cobrado em hipótese alguma essa tarifa que está sendo implantada e cobrada por muitas instituições. Nosso interesse é fortalecer nosso cooperado, finalizou Gizélio.

Veja ainda:
Sicoob remunerou seus cooperados mais de 3 milhões de juros pagos ao capital em 2019


Fonte: Jornalismo Campo Aberto FM
Postado por Jefferson Silva - Data: 08/01/2020