ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Um assalto contra uma família de agricultores, moradores na comunidade de Vila Salete em Nova Prata do Iguaçu aconteceu na noite de terça-feira (26). Na ocasião, cinco elementos armados  invadiram a residência da família e fizerem todos reféns. O agricultor e proprietário da residência reagiu ao assalto e conseguiu matar um dos bandidos, mas foi morto em seguida pelos outros bandidos. No local também estavam a esposa do agricultor, uma filha e um neto, sendo que em um momento de distração dos bandidos, todos conseguiram fugir e comunicar a polícia que iniciou as diligências. Dois ladrões fugiram levando duas caminhonetes da família, as quais foram recuperadas pela Polícia Militar na região de Santo Antonio do Sudoeste. Os bandidos se embrenharam em matas da região e houve uma mobilização intensa nas buscas pelos assaltantes. Policiais militares, civis e serviço de inteligência, realizaram buscas durante toda a madrugada e durante o dia desta quarta-feira (27). Na tarde de ontem (27) um dos bandidos foi localizado em meio à uma mata na região do assalto e acabou sendo morto em confronto com os polícias, este ainda não foi identificado. O bandido que foi morto pelo agricultor na hora do assalto foi identificado por Gilmar Licheski Alves de Oliveira, o mesmo residia em Realeza. Durante as diligências o bandido de nome Silmar Alves Brandão foi preso, ele é apontado como chefe da quadrilha e suspeito de praticar vários assaltos em Quedas do Iguaçu e região, contra ele havia um mandado de prisão expedido pela comarca de Quedas do Iguaçu e a policia já estava a sua procura, ele se encontra preso na delegacia de Nova Prata do Iguaçu. Segundo a Policia Civil de Quedas do Iguaçu, os bandidos mortos são suspeitos de envolvimento em assaltos em comércios da cidade e de toda a região da Cantu, pois a quadrilha possuía ramificações e tinha ligação com bandidos de municípios de toda a região. As diligências continuam a fim de localizar e prender os outros dois bandidos que conseguiram fugir.

Foto - PP News

Postado por Adilson Nogueira - Data: 28/02/2019

Veja também