ÚLTIMAS NOTÍCIAS


No dia 05/02/2020, após um grupo de pessoas assaltar a agência da Cooperativa de Crédito Sicredi de Porto Barreiro, as Polícias Civil e Militar efetuaram buscas na região com o objetivo de prender em flagrante os autores do crime, que conseguiram, num primeiro momento, evadir-se de nossa região.
 
Então, a Polícia Civil de Laranjeiras do Sul, através do G.D.E. (Grupo de Diligências Especiais) iniciou as investigações com o objetivo de apurar a autoria dos ilícitos praticados na ação criminosa. As investigações contaram com trocas de informação com a Polícia Militar local e com a importante contribuição da população de Porto Barreiro.
 
Dois dias depois, o veículo utilizado na fuga, marca Toyota/Corola, que possuía registro de roubo, mas se encontrava com as placas adulteradas (dublê), foi localizado por uma equipe da Polícia Militar, sendo apreendido e trazido para a 2ª S.D.P. de Laranjeiras do Sul.
 
Durante as investigações, a Polícia Civil conseguiu identificar um homem que é suspeito de chefiar a organização criminosa e praticar o assalto citado, indivíduo que já possuía em seu desfavor mandado de prisão por condenação em regime fechado a 11 anos, 9 meses e 26 dias, decorrente de crime de roubo, praticado em 2016 em Rio Bonito do Iguaçu e que se encontrava foragido.
 
Novas diligências foram efetuadas pela Polícia Civil de Laranjeiras do Sul, que conseguiu obter o provável paradeiro de tal pessoa e de sua companheira na cidade de Bocaiúva do Sul, região metropolitana de Curitiba.
 
Então, no dia 09/02/2020, uma equipe do G.D.E. da 2ª S.D.P. de Laranjeiras do Sul se dirigiu até tal cidade, onde contou com apoio da equipe do Delegado Bradock, chefe da Delegacia de Bocaiúva do Sul, onde foram feitas investigações que confirmaram o endereço do casal.

Então, foi solicitado apoio operacional da equipe do grupo FERA do DENARC de Curitiba, que se uniu às equipes de Laranjeiras do Sul e de Bocaiúva do Sul para a realização do cerco e prisão do referido suspeito.
 
Na sequência, as equipes se dirigiram até o endereço e localizaram 03 (três) coletes balísticos, um deles que foi roubado do segurança da referida instituição bancária, 77  (setenta e sete) munições de fuzil, calibre .223, R$ 511,00 (quinhentos e onze reais) e 03 (três) pequenas porções de maconha, razão pela qual foi preso em flagrante o casal por posse de munição de uso restrito, organização criminosa e posse de drogas para consumo pessoal.
 
Importante ressaltar que os crimes pelos quais o casal foi preso serão apurados de forma independente dos crimes praticados na cidade de Porto Barreiro.

Em decorrência do assalto, o grupo criminoso está sendo investigado por organização criminosa, porte de arma de fogo de uso restrito, disparo de arma de fogo, roubo majorado, receptação e adulteração de veículos.

A Polícia Civil de Laranjeiras do Sul segue nas investigações, com o objetivo de identificar os demais integrantes da quadrilha.

OS PRESOS

Evaldo de Azevedo, 34 anos e Daniele Calhares, sua companheira. Evaldo possui um chácara na área rural de Bocaiúva do Sul, mais precisamente na localidade Curca do Côco, a qual foi adquirida recentemente.


 


Fonte: PC
Postado por Adilson Nogueira - Data: 10/02/2020