ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Os queijos registraram forte alta no atacado entre final de maio e o primeiro decêndio de junho, puxando para cima o valor de referência para o leite pago aos produtores rurais definido pelo Conseleite Paraná.

O colegiado, formado por representantes dos produtores de leite e das indústrias de produtos lácteos, se reuniu por videoconferência na última terça-feira (16) para apresentar a evolução dos preços dos produtos que compõem o mix de comercialização, formados por 14 diferentes derivados do leite.

Desta forma, alguns produtos, em especial os queijos, apresentaram alta significativa na previsão de preços realizada com base nos primeiros 10 dias de junho.

Segundo a professora da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Vânia Guimarães, uma das responsáveis pelos trabalhos técnicos do Conseleite Paraná, este ano o mercado de lácteos está marcado pela alta volatilidade de preços. Na opinião da docente, os resultados observados entre o final de maio e início e junho mostram uma combinação de fatores: de um lado um aumento na demanda, do outro uma redução na oferta de leite decorrente da entressafra no campo.

Assim, o valor de referência para o leite padrão entregue em maio, para pagamento em junho, ficou em R$ 1,3046, apontando redução de 4,9% frente ao valor de abril. Contudo, para junho, a projeção aponta para alta de 18,7% em relação ao valor projetado em maio, sendo cotado a R$ 1,5155.

Foto: Diariodocomercio


Fonte: FAEP
Postado por Jefferson Silva - Data: 17/06/2020

Arquivos Relacionados a Notícia