ÚLTIMAS NOTÍCIAS

 

Compareceu na 2ª SDP de Laranjeiras do Sul na tarde desta segunda-feira (25) um casal com o propósito de que a mulher, solicitasse a revogação de medida protetiva de urgência concedida em seu benefício, contra seu companheiro, pela Comarca de Pitanga, em janeiro deste ano.

A medida fora imposta após o casal, então residente no interior de Marquinho, ir a Pitanga no mês de janeiro em uma formatura, ocasião em que o autor agrediu a vítima com socos. As medidas consistiam em proibição de contato e aproximação.

Ontem o autor, em Pitanga, iludiu a vítima afirmando que os avós iriam a Pitanga ver o filho do casal e no local combinado, a propósito de dar carona à vitima e ao filho, os trouxe à força para sua casa no interior de Marquinho, mantendo-a privada de liberdade.

Hoje, o autor veio em companhia da vítima a esta Delegacia e, exercendo ameaça mediante pressão psicológica em razão da privação de liberdade, pretendendo a revogação das medidas.

Percebendo o nervosismo da mulher e a situação flagrancial do autor pelo descumprimento das medidas, foi dada a este voz de prisão, sendo que após isso, a vítima revelou todo o plano arquitetado pelo autor.

O autor Ideraldo Silva da Luz foi autuado em flagrante pelos crimes de sequestro, cárcere privado e descumprimento de medidas protetivas de urgência da lei Maria da Penha, ficando preso à disposição da justiça.


 

Postado por Adilson Nogueira - Data: 25/03/2019

Veja também