ÚLTIMAS NOTÍCIAS

 
Hoje vamos falar de uma dica muito simples, mas muito útil para a agricultura, seja uma agricultura urbana caseira na sua horta, seja uma produção já com uma escala comercial no meio rural.
Vamos falar rapidamente de uma forma muito simples e não tóxica para resolver problemas de doenças de plantas. Vamos falar do uso do leite de vaca.  Isso mesmo, o leite de vaca pode ser usado para controlar doenças de plantas.  Um uso comprovado e recomendado pela Embrapa é o uso do leite para controle do oídio. O oídio é uma doença que é caracterizada por formar uma camada fúngica esbranquiçada ou cinzenta na superfície das folhas da abóbora. É uma doença que ataca vários cultivos, mas além das abóboras, ataca todas as plantas da sua família, como pepino e a melancia. Mas o oídio ataca também as parreiras, os moranguinhos, a soja, o pimentão, plantas ornamentais de jardim, entre outras.
O leite fresco tem efeito direto contra o oídio devido às suas propriedades germicidas, ou seja, o leite mata alguns tipos de germes. Também por conter diversos sais e aminoácidos, pode induzir a resistência das plantas e controlar diretamente o patógeno. O leite pode ainda estimular o controle biológico natural, formando um filme microbiano na superfície da folha.  O leite pode ainda alterar as características físicas, químicas e biológicas da superfície foliar.
Dosagem: Para usar o leite no controle de oídio é muito simples. Deve-se misturar o leite em água numa dose de 5% a 10%, ou seja, para bombas de 20 litros usa-se 1 a 2 litros de leite, dependendo da severidade do ataque. Em ataques severos se usa 10% aplicado uma vez por semana, em pequenos ataques, ou como preventivo, se usa 5%. Recomendamos que o leite seja coado no pano, no caso de leite tirado direto da vaca e não comprado, para que ele não entupa os bicos dos pulverizadores.
Aplicação: Também orientamos o bico de pulverizador tipo cone, de forma que as folhas fiquem bem molhadas. Ainda se recomenda a aplicação nos horários mais frescos do dia, início da tarde ou início da manhã e que a aplicação molhe não somente a superfície da folha, mas também a face inferior delas, pois alguns tipos de doenças como o míldio formam colônias na face inferior da folha.
Outra utilização do leite como insumo na agricultura é para controle de ácaros. Mas essa dica fica para uma outra oportunidade.
Vantagens: A vantagem da utilização do leite na agricultura é seu baixo custo e seu impacto zero na saúde de quem está manipulando o produto e na saúde de quem está se alimentando.
Serviço: Então para quem quiser desenvolver trabalhos com agricultura orgânica, entre em contato com a Macrorganico Consultoria através do email comercial@macrorganico.com.br, ou através do whatsapp (42) 99819-9906. Saiba mais sobre o nosso trabalho no site www.macrorganico.com.br e no instagram @macrorganico. Um forte abraço a todos, e até a próxima!

Autor: Chistiano Boza. Consultor da Macrorgânicos Consultoria em Orgânicos e Agroecologia.

Postado por Jefferson Silva - Data: 29/03/2019

Veja também