ÚLTIMAS NOTÍCIAS

As formigas cortadeiras são insetos vorazes e provocam desfolhamento nas plantas de 
forma continua e acentuada. Entre as espécies de saúva, Atta sexdens rubropilosa e Atta laevigata são consideradas as mais importantes sob o ponto de vista econômico, pela ampla ocorrência no país, pelo tamanho do ninho e quantidade de formigas nele existentes e pelo intenso ataque de desfolha que provocam em culturas florestais e agrícolas.
O nível de desfolha, por sua vez, impacta negativamente a produtividade dependendo da densidade de ninhos e da fase de desenvolvimento em que a planta sofre o ataque.
 Levando-se em conta uma média de quatro sauveiros adultos por hectare, tem-se um consumo estimado de 1 toneladas de folhas, o que corresponde à perdas de até 14,5% da produção de madeira por hectare (FORTI, 2000).
Para falar sobre o controle e prevenção de ataques de formigas o Giro Rural, que vai ao ar pela Rádio Campo Aberto, de segunda a sexta-feira, às 6h30min da manhã, conversou com o engenheiro agrônomo e consultor da Macrorgânicos Consultoria em Orgânicos e Agroecologia Chistiano Boza que deu algumas orientações sobre esse tema.

Controle e prevenção de formigas cortadeiras
Depois de alguns dias, estamos aí novamente para falar dos problemas corriqueiros da agricultura. Nesse quadro buscamos entender melhor esses problemas e traçar estratégias para ter sucesso na nossa produção, seja ela numa pequena ou grande escala, ou mesmo num plantio no nosso quintal.
Hoje vamos falar de um problema bem drástico para a agricultura: as formigas.
As formigas são um sério problema para a agricultura porque elas atacam as plantas, principalmente as plantas mais novas, causando grandes frustrações para quem está cultivando um jardim, para quem plantou uma muda frutífera nova, para quem está plantando uma área com eucalipto ou mesmo quando as formigas atacam uma pastagem. Quem nunca ficou irado da vida ao ver o ataque das formigas cortadeiras? Complicado não é?
Bom, mas antes de sair comprando todo tipo de produto químico que vier pela frente para acabar com as formigas, a primeira coisa a entender é porque as formigas estão ali atacando. É preciso entender que as formigas têm um papel ecológico importante: elas levam matéria orgânica em profundidade para solos pobres, restaurando a fertilidade do solo. Elas também eliminam as plantas fracas da natureza para darem espaço ao crescimento das plantas mais aptas e mais fortes. A partir do momento que um solo está rico em matéria orgânica e bem coberto por plantas vivas ou por cobertura morta, elas dificilmente instalam suas colônias porque elas competem com outros insetos e microorganismos.
Entendendo isso, se nota que as formigas atacam, em áreas de cultivo, principalmente plantas fracas, ou seja, plantas que já estão com algum problema, por isso elas gostam tanto de mudas, pois são plantas que estão passando por um stress grande, saindo de um viveiro e se adaptando ao mundo real, se adaptando a um novo fornecimento de água, uma nova luminosidade e uma nova disponibilidade de nutrientes no solo.
As formigas atacam também principalmente plantas que já estão fracas e mal manejadas, por falta ou até excesso de adubo, ou plantas que já estejam doentes pelo ataque de outros insetos e doenças.
Mas fator principal que faz as formigas se instalarem em uma área, seja ela grande ou pequena, é a terra fraca e descoberta. Uma terra que permaneça por muito tempo sem nenhuma cobertura por planta viva por cima, seja uma grama, um pasto, ou cobertura morta, ou mesmo se houver cobertura, que essa cobertura seja rala, fraca, com baixo desenvolvimento, é o lugar ideal para se instalarem as colônias das formigas. Até porque as formigas precisam de um solo descoberto para que a colônia se aqueça mais facilmente.
Bom, mas entendido então como vivem essas formigas, temos que achar formas de controlar elas.
Controle preventivo:
Então a primeira recomendação deve ser trabalhar bem a cobertura do seu solo, onde haja uma boa diversidade de plantas na área total, ou seja feita uma boa rotação de culturas que conte com gramíneas e leguminosas. Se for um pasto ou gramado, nunca deixar ficar por longos períodos com baixa altura da gramínea, pois isso enfraquece o solo.
A segunda recomendação seria trabalhar uma boa adubação das plantas e de toda a área, com calcário, esterco, cinzas de fogão, pós de rocha, dentre outros.
As demais recomendações é para quem tem já o problema instalado, ou seja, para onde as formigas já estão atacando.
Controle em áreas atacadas:
Então para quem já está com as formigas atacando, uma primeira dica é olhar o caminho percorrido pelas formigas e encontrar os locais onde elas entram na terra, encontrando os olheiros. Ao encontrar os olheiros devemos causar perturbações neles, ou seja, com algum tipo de barra de ferro, galhos ou mesmo cabo de vassoura, o você tiver em mãos, forçar e abrir esse buraco. Muitas vezes o local onde a formiga entra não é o olheiro principal, então devemos procurar as novas entradas até encontrar o olheiro onde, perfurando, o buraco fique fundo e achemos os ovos das novas formigas e achemos a rainha. Matando a rainha e perturbando a colônia onde se encontra os ovos, eliminamos o problema.
Para garantir que acabemos com a colônia podemos ainda jogar uma ou duas chaleiras de água fervente nesse olheiro. Podemos ainda adicionar a essa água fervente alguns produtos caseiros de fácil acesso, mas eficientes na eliminação dos formigueiros. Podemos misturar cerca de 200 ml de vinagre para cada 1 litro de água e jogar nos olheiros dos formigueiros. Podemos também deixar curtir cerca de 50 a 100 gramas de cravo da índia em 1 litro de álcool por 5 dias e jogar no olheiro ou pulverizar nas plantas atacadas. Podemos somar ao álcool e cravo da índia cerca de 100 gramas de folhas de citronela e jogar nos olheiros ou pulverizar nas plantas atacadas.
Uma receita bem eficiente também é dissolver uma ou duas naftalinas em meio litro de água e pulverizar sobre as plantas atacadas e sobre os caminhos das formigas.
O importante é não deixar o problema crescer, buscar agir o quanto antes ver as formigas atacando, pois em questão de 1 noite elas podem causar um dano enorme, onde 1 formigueiro adulto pode consumir 2 kg de folhas por dia, o que pode representar um prejuízo enorme quando falamos de frutíferas, por exemplo.
Para quem tem áreas grandes ou que tem infestações mais severas, recomenda-se buscar um profissional das ciências agrárias, seja agrônomo, técnico agrícola, engenheiro florestal, para dar um diagnóstico sobre a sua situação específica e orientar as ações.
Serviço:
Mas por hoje é isso, espero que essas dicas os auxiliem. Para quem quiser assessoria para um trabalho com agricultura orgânica e agroecologia, entrem no nosso site www.macrorganico.com.br e nos siga no Instagram pelo @macrorganico. Os ouvintes podem mandar sugestões de assuntos para tratarmos nesse quadro pelos contatos da Radio Campo Aberto.
Fonte: Chistiano Boza 

Deixe suas dúvidas ou sugestões de matéria nos comentários, ou entre em com a Campo Aberto FM através no fone (42) 3635 1755 ou Whatsapp (42) 99119-7504 com Jefferson Silva.


Fonte:
Postado por Jefferson Silva - Data: 17/04/2019