ÚLTIMAS NOTÍCIAS


O crime aconteceu no dia 05/04/2019 onde o casal de irmãos Marciana Schreiber (22 anos) e Marcelo Schreiber (19) anos, foram assassinados a tiros na localidade de Alta Floresta, no Assentamento Ireno Alves em Rio Bonito do Iguaçu. Os irmãos retornavam de motocicleta da cidade de São João onde trabalhavam, por volta das 02h da manhã quando foram emboscados e mortos. A linha de investigação inicial apontava o ex-companheiro de Marciana, Junior Carvalho Bitencort (22 anos) como possível autor, em virtude de não aceitar o término do relacionamento.

Durante as últimas duas semanas de intenso trabalho da equipe do GDE (Grupo de Diligências Especiais) de Laranjeiras do Sul, com informações prestas pelas Policias Militares de Rio Bonito do Iguaçu, São João e Saudade do Iguaçu e Polícia Civil de São João, foi possível confirmar a tese inicial. As diligências e provas colhidas no inquérito demonstram que Junior não aceitando o término do relacionamento decidiu assassinar Marciana por ciúmes por intenção de receber um seguro de vida que a vítima fizera em seu benefício e da filha que os dois tinham juntos.

Durante o planejamento, o autor articulou o dia ideal, a rotina das duas vítimas, aquisição da arma de fogo e apoio para ida e volta ao local do fato, tendo saído de São João logo após o término do turno dos irmãos, ido em seu encalço e assassinado os dois nas proximidade da casa deles, tendo Marciana entrado em óbito no local e Marcelo no caminho para o hospital. Após o fato, empreendeu fuga e retornou à cidade de São João, onde reside, no intuito de afastar suspeitas, pedindo para que terceiros mentissem a respeito do horário de sua chegada.

Após o crime, o autor ainda buscou direcionar a investigação policial, tentando forjar álibis, instruir testemunhas a mentir e induzir as equipes a acreditar em uma execução em que era visado não Marciana, mas sim seu irmão Marcelo.

Com a prisão de Junior, os autores das três ocorrências de feminicídio na área da 2ª SDP nos últimos trinta dias foram presos (duas tentativas em Cantagalo e uma consumada em Rio Bonito do Iguaçu), o que demonstra o esforço e o ótimo trabalho realizado pela Polícia Civil em diminuir os índices na região e a tolerância zero em crimes desta espécie.

Junior Carvalho Bitencort foi preso Em São João na Coasul, empresa onde trabalhava e está a disposição da justiça na 2ª SDP.


 

Postado por Adilson Nogueira - Data: 23/04/2019

Veja também